&wphead=true">

Tem preto aqui! E racismo, tem?

 Tem preto aqui! E racismo, tem?

     E racismo inverso? Só se eu te virar do avesso, racista.  (Preta Rara)

Nesse mês de novembro a Diretoria de Combate ao Racismo da UEE-Livre lança a campanha para discutir sobre a presença negra nas instituições e sua representatividade efetiva nos espaços deliberativos. Por isso, afirmamos “Tem preto aqui!” fazendo referência aos negros e negras sobre tudo jovens sobreviventes num país que extermina a juventude negra, resultado do racismo estrutural na nossa sociedade. Jovens esses, que se empoderaram da pauta racial, ao afirmar sua identidade trazendo para a prioridade da sua vivência a luta e resistência de ser negro e negra no Brasil. Seja pela estética, pelo movimento estudantil ou pela arte a juventude negra vem mostrando que há várias linguagens na militância e que cada forma é singular, no que diz respeito ao ativismo racial.

A segunda frase do tema dessa campanha “E racismo, tem?” é um questionamento fundamental a se fazer, uma provocação pertinente em meio as atividades de luta e resistência do novembro negro. A população no geral, assim como as lideranças políticas e de movimentos sociais e também cada entidade e instituição precisa fazer o exercício dessa reflexão e responder: se não tem racismo, onde estão os negros e as negras sendo os/as protagonistas das suas próprias ações?

Nos últimos 13 anos, observamos uma expressiva inserção da juventude negra nas universidades, porém tal proporção não reflete por exemplo, no enegrecimento das direções do movimento estudantil, pois as entidades permanecem hegemonicamente brancas e a discussão sobre a superação do racismo é secundarizada.

Nesse cenário, convocamos a negrada de universidades públicas e privadas do estado do Rio Grande do Sul, bem como as entidades de base e Diretórios Centrais que são comprometidos com a luta antirracista, a construir esta campanha nas instituições.

#TemPretoAqui #ERacismoTem?

#UEELivre #CombateAoRacismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *