Congressos das UEEs do RS marcam unificação do movimento estudantil gaúcho

Gestão eleita no Congresso de reorganização da UEE RS em 2018


Nos próximos dias 13 e 14 de julho acontecerá o Congresso de Unificação das Uniões Estaduais dos Estudantes do Rio Grande do Sul: a União Estadual dos Estudantes do RS (UEE RS) e a União Estadual dos Estudantes Dr. Juca (UEE-Livre RS). Este congresso marca um importante momento do movimento estudantil gaúcho.

Desde 2009, os DCEs do estado se reorganizaram a partir da entidade de representação estudantil UEE Livre Dr. Juca. Isso aconteceu porque a UEE/RS – entidade que organizou e liderou importantes lutas e prestes a completar 80 anos de existência em 2019 – havia se fechado, perdendo a capacidade de aglutinar o movimento estudantil e se tornado incapaz de representar o interesse dos estudantes.

Em 2018, o ingresso de uma ação judicial através dos três maiores Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) do estado – DCEs da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), permitiu a realização de um Congresso Extraordinário por estas entidades, que fez com que a UEE RS fosse reaberta e retomada pelos estudantes.

O Congresso de Unificação das UEEs deste ano se constitui em dois congressos distintos. No sábado (13), acontece o Congresso da União Estadual dos Estudantes Dr. Juca (UEE-Livre RS), onde será aprovada a dissolução desta entidade. No mesmo dia, haverá o início do Congresso Estadual de Estudantes Universitários, órgão deliberativo da UEE RS, que aprovará um novo estatuto para a entidade, elegerá sua diretoria e, ainda, aprovará as teses e opiniões do conjunto do movimento estudantil gaúcho.

Para o coordenador-geral da UEE-Livre RS, Filipe Eich, agora é o momento de unificar a UEE/RS e a UEE Livre Dr. Juca. Sobre isso, comenta: o congresso desse ano vai debater muito sobre o momento em que vivemos e a situação da educação no Brasil e no RS, mas também apresentará como resultado, como maior vitória uma entidade unificada.

A aposta de Eich, que é estudante de Ciências Econômicas da UFRGS, é que as UEEs unificadas sejam uma ferramenta que surge para ser um instrumento ainda maior para que os estudantes gaúchos possam organizar a unidade e lutar contra qualquer retrocesso na educação, no acesso e permanência da juventude e dos estudantes como um todo nas universidades.

Quer participar do Congresso? Entre em contato conosco pelo telefone (51) 99614-8615 ou acesse o site da Comissão Eleitoralhttps://ceeurs2019.home.blog/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *