&wphead=true">

8 DE MARÇO: Dia internacional de luta das mulheres! As estudantes em movimento contra a reforma da previdência.

Mulheres Estudantes do RS contra a Reforma da Previdência

A UEE-Livre RS convoca todas e todos a participar da luta contra a Reforma da Previdência!

        O dia 8 de março é historicamente marcado pela luta das mulheres por mais direitos e por suas vidas. O patriarcado, aliado ao capitalismo, ainda hoje continua explorando a classe trabalhadora, sobretudo, as mulheres trabalhadoras. No Brasil, na Reforma da Previdência do governo golpista de Michel Temer assume esse papel. Cabe a nós, mulheres, continuarmos na luta e na resistência.

        A atual proposta de Reforma da Previdência de Temer afeta principalmente as mulheres mais jovens. Hoje temos uma tripla jornada de trabalho que funciona como modo do controle do patriarcado sobre nossas vidas. Mesmo assim, possuímos direito a apenas 5 anos a menos de trabalho formal do que os homens para podermos nos aposentar. A reforma do governo golpista propõe o aumento desse tempo e que ele se iguale para homens e mulheres, desconsiderando nossas horas de trabalho informal, como os cuidados com a casa, que continuarão existindo. As mulheres do campo, que pela regra atual trabalham até os 55 anos, passarão a trabalhar até os 65.

        Na América Latina, o neoliberalismo volta a ser agenda do dia. Macri na Argentina, Juan Manuel Santos na Colombia, Peña Neto no México, PPK no Perú e Cartes no Paraguai, hoje retiram direitos sociais e trabalhistas, criminalizam os movimentos sociais e limitam ainda mais a democracia latino-americana. Nesse contexto, as mulheres, a população negra, jovem, LGBT, trabalhadora, do campo e periférica é não só a que mais sofre, mas a que mais reage.

        Somente através da unidade entre os movimentos sociais e a solidariedade internacional dos povos conseguiremos resistir. Nesse contexto, a UEE-Livre RS convoca as mulheres gaúchas para o II Encontro de Mulheres Estudantes nos dias 31 de março, 01º e 02 de abril, que pautará através da auto-organização a resistência das mulheres no combate à violência contra a mulher.

No 8 março as mulheres latino-americanas irão lutar! E todos os dias de nossas vidas, até que todas sejamos livres!

Diretoria de Mulheres da UEE Livre-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *